segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

O Almanaque Astronômico Brasileiro de 2020

Caros(as) amigos(as)!

Como ocorre todos os anos nesta data em que comemoramos o Dia da Astronomia no Brasil, informo que já está disponível para download o "Almanaque Astronômico - 2020".

O endereço é:

Nesta oportunidade eu agradeço novamente todas as manifestações recebidas e o carinho com que as edições anteriormente publicadas são recebidas, aproveito ainda para informar que sugestões de melhoria são sempre bem recebidas e serão implementadas na medida do possível. Um exemplo prático foi a inclusão do Dia do Profissional de TI em datas comemorativas, sendo escolhido o dia 19 de outubro, profissionais a qual rendemos nossas sinceras homenagens. Outras sugestões se fazem sentir novamente devido a cooperação dos integrantes da Turma Aquarius que neste período, participaram das atividades levadas a termo pelo GREC (Grupo de Reconhecimento e Estudos do Céu), grupo que de âmbito interno do CEAMIG, tem por missão: "Criar e manter a cultura da observação e reconhecimento da esfera celeste entre os associados recém-ingressos nos quadros do Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais.“ 

Assim sendo deixo novamente registrado a minha gratidão e eterna amizade aos amigos(as): Aléxia Lage de Faria, Vany Antonieta Purry de Oliveira e Thais Purry de Oliveira, Rodrigo de Almeida Jorge, José Fiungo Marzano e Wallison Hudson Vieira, integrantes da jornada de estudos de 2019 ao qual futuramente estarão engajados em novo ciclo de aprendizado e aos amigos que chegaram depois: Alex Guazzi Rodrigues e Antônio Eustáquio da Silva. 

E importante ainda agradecer aos demais integrantes do CEAMIG e da Rede de Astronomia Observacional (Rea-Brasil), e as pessoas de Nelson Alberto Soares Travnik, Hélio de Carvalho Vital, Ricardo José Vaz Tolentino e José Carlos Diniz pelo apoio e incentivo a essa publicação.

A útil plataforma de comunicação digital deste site eletrônico que permite a rápida atualização dessas postagens possibilita a disseminação em tempo hábil, que "pari passu" atua como elo valioso para consultas e complementação dos elementos deste Almanaque Astronômico que agora está disponível. 

Desta forma nossa especial atenção voltar-se-á para os seguintes fenômenos que teremos a oportunidade de acompanhar em 2020:

A) Ocultações de Estrelas pela Lua

- Asellus Borealis (43 Gamma Cancri) - Magnitude 4.66 em 11 janeiro;
- Chow (22 eta Capricorni) – Magnitude 4.84 em 16 abril; (onde somente ocorrerá visibilidade no estado do Rio Grande do Sul);
- Al Jabhah (30 eta Leonis) – Magnitude 3.52 em 02 maio (onde somente ocorrerá visibilidade no estado do Rio Grande do Sul); 
- Asellus Borealis (43 Gamma Cancri) - Magnitude 4.66 em 27 maio (onde somente correrá visibilidade no nordeste do Brasil (Ceará e Rio Grande do Norte);
- Al Jabhah (30 eta Leonis) – Magnitude 3.52 em 22 Julho (sendo visível somente na região Sul e Centro Oeste e numa pequena parte de São Paulo; 
- Nu Scorpii (14 Nu Sco) – Magnitude 4.01 em 25 agosto 2020 e finalmente,
- Mebsuta (27 Epsilon Geminorum); magnitude (2.97 - 3.09 V) em 30 dezembro 2020.

B) Ocultações de Marte pela Lua

Em 09 agosto, Marte (Mv= -1.3) visibilidade matutina;  
Em 06 setembro, Marte (Mv= -1.9) visível no período noturno, e 
Em 03 Outubro, Marte (Mv= -2.5) – visibilidade noturna, visível numa estreita faixa do estado do Rio Grande do Sul.

C) Ocultações de M8 pela Lua

Neste ano estão previstas a ocorrência de 3 ocultações de M8 (NGC 65232 – Nebulosa da Lagoa, Mv= 5.8), sendo em duas oportunidades visíveis no Brasil, conforme abaixo mencionado:

- 07 Junho, visível nos seguintes estados do Nordeste: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte e ainda na região Norte do Brasil os estados: Amapá, Amazonas, Pará, Roraima e Tocantins.

- 28 Agosto, numa pequena faixa da região Centro Oeste, no estado do Mato Grosso; na região nordeste abrangendo os estados Ceará, Maranhão e Piauí e na região norte nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima e Tocantins.

D) Eclipse do Sol em 14/12/2020:

Neste ano (muito embora os eclipses lunares sejam penumbrais), teremos novamente uma boa oportunidade de registrar sobre o continente sul americano um eclipse solar, cuja faixa de totalidade, abrange novamente a região austral (Argentina e Chile), sendo que grande parte do Brasil poderá acompanhar este evento de forma parcial. Desta forma uma consulta a sua localidade por região, poderá ser visualizada entre as páginas 40 a 67. 

E) Oposição de Asteroides (principais)

(5) Astraea, Mv= 8.9 em 21 Jan 2020;
(27) Euterpe, Mv= 9.4 em 15 Mar. 2019;
(3) Juno, Mv= 9.5 em 02 Abr 2020;
(6) Hebe, Mv= 9.9 em 04 Abr 2020;
(65) Cybele, Mv=11.0 em 14 Abr 2020;
(40) Harmonia, Mv= 9.8 em 23 Abr 2020;
(42) Isis, Mv= 9.9 em 23 Mai 2020;
(7) Iris, Mv= 8.8 em 28 Jun 2020;
(2) Pallas, Mv= 9.5 em 13 Jul 2020;
(20) Massalia, Mv= 9.6 em 28 Ago 2020;
(19) Fortuna, Mv= 9.2 em 11 Set 2020;
(68) Leto, Mv= 9.5 em 20 Set 2020;
(11) Parthenope, Mv= 9.3 em 23 Out 2020;
(8) Flora, Mv= 7.9 em 01 Nov 2020;
(16) Psyche,  Mv= 9.3 em 07 Dez 2020;
(79) Eurynome, Mv= 9.8 em 11 Dez 2020;
(13) Egeria, Mv= 9.9 em 20 Dez 2020;
(39) Laetitia, Mv 9.8 em 30 Dez 2020.

F) Cometas

Em paridade as condições observacionais com que são analisados os asteroides, os cometas cujo periélio dar-se-ão este ano, ou ainda que estejam dentro do limite observacional dos instrumentos óticos (binóculos, lunetas e telescópios) de pequeno e médio porte, estão apresentadas com as efemérides mais favoráveis. Desta forma as expectativas são:

- Cometa C/2017 T2 (PANSTARRS), já dentro de nosso limite visual e acompanhado durante 2019; esse cometa poderá ser observado até novembro de 2020. Desta forma podemos apresentar suas efemérides com intervalo de 4 dias.
- Cometa 210P/Christensen que poderemos acompanhar dentro dos limites óticos mencionados entre 23 de março a 05 de maio;
- Cometa 2P/Encke, poderemos acompanhar dentro dos limites óticos entre 19 de maio e 22 de agosto;
- Cometa 141P/Machholz, Poderá ser uma grata surpresa se ao fim de 2020 as efemérides previstas para novembro e dezembro de 2020 se confirmarem. 

Nesta edição, a capa ilustrativa traz a “belíssima” imagem da Nebulosa da Lagoa (M-8) cuja autoria de José Carlos Diniz, numa astrofotografia realizada com um telescópio GSO 8" f/8 RC carbon fiber Ritchey-Crètien e Canon T3i Modified, montagem: Sirius HEQ5; Resolução: 1151x768, Frames: 20x180", Captura: 1.0 horas em 2 de Julho de 2016, durante o EBA (Encontro Brasileiro de Astrofotografia) daquele ano realizado em Padre Bernardo - GO.

Novamente eu desejo sempre que essa publicação seja útil ferramenta para todos(as) aqueles amigos(as) que, que fazem da astronomia uma festa e uma inspiração constante, peço ainda que disseminem essas efemérides no âmbito de suas respectivas associações, clubes, grupos, núcleos, observatórios e planetários; endereços certeiros em que a ciência astronômica e sua prática observacional é uma constante.

E oportuno também a época para desejar a todos, votos de um excelente natal e um ano de 2020 cheio de saúde, paz, harmonia e prosperidade.

Um grande e fraternal abraço,

Antônio Rosa Campos
"Aquele que não comunica aos outros o que conhece parece com a murta do deserto, cujo perfume se perde para todos... Até o último dia então serei inteiramente da ciência e dos meus semelhantes." François Arago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Largue o cel e olhe para o céu #26

  47 Tucanae Aléxia Lage Para que você possa guardar um resumo sobre o assunto desta coluna, baixe gratuitamente a ficha que contém dados as...