sexta-feira, 1 de junho de 2018

A ocultação de TYC 7381-00054-1 por (29) Amphitrite em 04 de junho2018

Antônio Rosa Campos
arcampos_0911@yahoo.com.br
CEAMIG – REA/Brasil – AWB


Na madrugada de 04 de junho próximo, o asteroide (29) Amphitrite, ocultará a estrela TYC 7381-00054-1 de magnitude 12.2 na constelação de Scorpius, proporcionando uma rara oportunidade da realização do registro deste tipo de fenômeno aos observadores localizados em sua região de abrangência (Figura 1) apresentada abaixo (PRESTON, 2017).


Regiões de Abrangência 

Numa rápida análise da figura acima, podemos observar que o evento iniciar-se-á junto a região equatorial do continente africano já fase diurna do dia, mas abrangendo na fase crepuscular localidades como Kinshasa  (no Zaire), Brazavile (República do Congo) e Cabinda (região exclave de Angola). Atravessando o oceano Atlântico atingindo a porção continental da América do Sul junto ao litoral do Brasil, corta vasta região do país neste sentido, atingindo a região central do território boliviano, extremo norte do Paraguai, norte do Chile (região de Arica e Parinacota) bem como ainda o extremo sul do território peruano. 

A figura 2 (Google, 2017) indica que o início da projeção da sombra, como acima mencionado recairá sobre regiões do oceano Atlântico e Pacifico, Assim sendo, toda essa região torna-se muito favorável para as observações deste fenômeno.
  

Uma vez na superfície deste continente, ela recairá sobre as seguintes regiões: Brasil: (Espírito Santo) Afonso Cláudio, Anchieta, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Divino, Guarapari, Itapemirim, Itarana, Linhares, Marechal Floriano, Marilândia, Muniz Freire, Pancas, Santa Maria de Jetibá, Serra, Sobreiro, São Domingos do Norte, São Paulo e Vitória; (Goiás) Itajá; (Mato Grosso do Sul) Aparecida do Taboado, Aquidauana, Camapuã, Campo Grande, Campo Verde, Corumbá, Inocência, Lontra, Miranda, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia e Três Lagoas; (Minas Gerais) Abaeté, Abre Campo, Aimorés, Alfenas, Alpinópolis, Araxá, Arcos, Astolfo Dutra, Bambuí, Barbacena, Barroso, Barão de Cocais, Belo Horizonte, Betim, Boa Esperança, Bom Despacho, Bom Jesus da Penha, Bom Sucesso, Cachoeira do Campo, Campo Belo, Campo do Meio, Campos Altos, Candeias, Capim Branco, Carangola, Caratinga, Carmo da Mata, Carmo do Rio Claro, Carmópolis de Minas, Cataguases, Cedro do Abaeté, Chalé, Conceição das Alagoas, Congonhas, Conselheiro Pena, Contagem, Crucilândia, Cássia, Divinópolis, Entre Rios de Minas, Ervália, Esmeraldas, Espera Feliz, Eugenópolis, Formiga, Ibiá, Iguatama, Ipanema, Ipatinga, Itabira, Itanhomi, Itaú de Minas, Itaúna, Ituiutaba, Jaboticatubas, Jequitibá, Lagoa Santa, Luz, Manhuaçu, Manhumirim, Mariana, Martinho Campos, Muriaé, Muzambinho, Nepomuceno, Oliveira, Pará de Minas, Pitangui, Ponte Nova, Porto Firme, Quartel Geral, Raul Soares, Sacramento, Samambaia, Santa Bárbara, Santo Antônio do Monte, Sete Lagoas, Simonésia, São Francisco de Paula, São Gotardo, São João Del Rei, São Sebastião do Paraíso, Tabuleiro, Taparuba, Tapuirama, Uberaba, Visconde do Rio Branco e Viçosa; (Rio de Janeiro) Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Lage do Muriaé e Varre-Saí; (São Paulo) Altinópolis, Andradina, Araçatuba, Auriflama, Barretos, Batatais, Bebedouro, Birigui, Castilho, Catiguá, Colina, Cravinhos, Fernandópolis, Franca, Guaraci, Guararapes, Guariba, Icém, Igarapava, Ilha Solteira, Ipuã, José Bonifácio, Mirassol, Morro Agudo, Nhandeara, Olímpia, Orlândia, Paulo de Faria, Pereira Barreto, Prado, Ribeirão Preto, Santa Adélia, Santo Antônio da Alegria, São Joaquim da Barra, São José do Rio Preto, Sertãozinho, Três Fronteiras, Urânia, Valparaíso e Votuporanga; Bolívia: Cochabamba, Oruro, Santa Cruz de la Sierra e Sucre. Chile: (Arica), Paraguai: Bahia Negra e San Jorge; Peru; Ilo, Pachía e Tacna.

(29) Amphitrite e TYC 7381-00054-1

No caso desta ocultação, a luz combinada do asteroide e da estrela cairá em 0.11 magnitude num período de tempo estimado em 20.4 segundos, sendo que a magnitude visual de (29) Amphitrite é estimada em 9.7 nesta oportunidade. Ele estará em oposição em 15 de junho próximo já dentro da magnitude visual estimada nesta época.

Em 1981 Edward F. Tedesco e Robert E. Sather do Lunar and Planetary Laboratory da University of Arizona, publicaram dados fotométricos de UBV e análises das curvas de luz observadas entre março de 1956 e maio de 1977, com a finalidade de obtenção de fase de um coeficiente linear de 0,030 = / - 0.002. Segundo a publicação Amphitrite é um objeto interessante para estudos posteriores, pois é o melhor exemplo conhecido de um grande asteroide com uma superfície muito áspera e/ou variada.

Em 1985 esse asteroide foi previamente selecionado para um sobrevoo, aproveitando a oportunidade do lançamento da sonda Galileo, entretanto essa missão não se realizou (BEGGS, 2014).

Muito pouco se sabe sobre TYC 7381-00054-1 que embora se encontre na constelação de Scorpius pderá ser facilmente localizada uma vez que o Aglomerado Aberto M6 (Borboleta) está naquela região celeste, bem como ainda o aglomerado aberto NGC6404 (Mv=10.6) e a brilhante estrela HD160748 (SAO 209176) e magnitude visual 6.4, classe e tipo espectral M1III, muito próximas definindo sua localização, conforme carta de busca apresentado na figura 3.

Suas coordenadas equatoriais (ascensão reta e declinação astrométricas da Missão Gaia (http://www.cosmos.esa.int/gaia)  são: AR: 17 44 27.7287  Decl: -32 56 05.396 respectivamente. 

Segundo o observador brasileiro Antonio Padilla Filho (REA/Brasil), o registro das ocultações por observadores não-profissionais não tem muitos adeptos no nosso país. O campo é fértil para a produção de dados precisos se forem utilizados equipamentos adequados, que hoje estão ao alcance de qualquer pessoa que tenha interesse e o mínimo de recursos (PADILLA FILHO, 2016).

Sites recomendados:

"Como observar"
"formulário de reporte"
(ocultações de estrelas por asteroides).

No Facebook:

“Ocultações Astronômicas”.

Este grupo destina-se à divulgação e discussão de eventos astronômicos na área de 'Ocultações'. Ocultações de estrelas e planetas pela Lua, ocultações de estrelas por asteroides e as técnicas empregadas para o registro destes eventos.

Boas Observações!

Referências:

- MOURÃO, Ronaldo Rogério de Freitas. Dicionário Enciclopédico de Astronomia e Astronáutica. Rio e Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 1987, 914P.

- CAMPOS, Antônio Rosa. Almanaque Astronômico Brasileiro 2018. Belo Horizonte: Ed. CEAMIG (Centro de Estudos Astronômicos de Minas Gerais), 2017. 136p. Disponível em: < https://goo.gl/kniuMW> Acesso em 02 Dez 2017.

- PADILLA FILHO, Antonio. Sky and Observers, A ocultação de TYC 5667-00417-1 por 236 Honoria. Disponível em: http://goo.gl/l7n3Z8, Acesso em 22 maio 2017. 

- HERALD, Dave. Occult4 v4.1.0.27 (24 March. 2014) Uptade v4.2.0 available in: <http://www.lunar-occultations.com/occult4/occultupdate.zip> Acess in 21 Abr. 2017.

- PRESTON, Steve. (Steve's Asteroid Occultation Index Page) Availabe in: < http://www.asteroidoccultation.com/2018_05/0522_9_55120_Summary.txt> - Acess in: 25 June 2017.

- SCHMADEL, Lutz D. Astronomical Notes. Disponível em: <http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/asna.2113070604/abstract> - Acesso em 04 mai. 2014. 

- FERNIQUE, Pierre. Centre de Données astronomiques de Strasbourg [CDS]: Aladin Sky Atlas - Acess in:  28 June 2017.

- Google Maps/Google Earth; Path <Occultation of TYC 7381-00054-1 by (29) Amphitrite on 2018 May 22> Feature: <20180522_0642.kmz> Acess in: 25 Jun. 2017.

- BEGGS, James M. JPL/NASA, Press Release #1062. Disponível em: <http://www.jpl.nasa.gov/releases/80s/release_1985_1062.html> - Acesso em 04 mai. 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ocultação de Ain Al Rami (Nu1 Sgr) pela Lua em 22 de maio 2019.

Antônio Rosa Campos Em 22 de maio próximo a Lua -87% iluminada e uma elongação solar de 138°, ocultará a estrela Ain Al Rami (Nu1 Sgr) ...